– Crônicas e Críticas; Humor e Acidez; Idéias Espinafradas por Tiago Xavier

Poema do Adeus

Poema do Adeus (Tiago Xavier – 12/02/2012)

Obra da minha amiga Beti Timm

Sim.
Fostes expelida.
Defenestrada.
Como berne, em processo de cura epidérmica.
Como verme – ancilostomíase, helmintíase…
Na verdade,
está mais pra platelminto, tamanha a chatice.

Se terias chances?
Ah, se ao menos fosse calipígia…
poderia até considerar…

Insisto no Platelminto !

Anúncios

Uma resposta

  1. Olha só qta honra!! Gostei muito, ficou fechadinho. Uma boa dobradinha…rsss

    14 de março de 2012 às 14:59

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s